Como não ejacular rapido? [Descubra Todos Detalhes]

O problema de ejaculação precoce atingi diversos homens ao longo da vida, podendo acontecer logo no início da penetração nas vezes até antes de começar o ato, e acaba sendo uma sensação bem insatisfatória para o casal.

Esse problema sexual é mais comum em adolescentes, por conta de alterações hormonais e acabam os tornando mais excitáveis, mas também pode ocorrer em adultos, mas nesses casos acabam estando mais ligados a problemas psicológicos, como a ansiedade, medo ou estresse.

A ejaculação precoce pode ser contida com a técnica de alguns exercícios, mas em alguns casos mais específicos pode ser necessário medicamentos e sessões de psicoterapia. A melhor opção é sempre ir em um urologista para poder identificar qual o real problema e começar o tratamento correto.

Conheça as opções de tratamento para controlar sua ejaculação:

O médico pode indicar vários tipos de tratamento, sendo eles:

  • Técnica Star-stop

Essa técnica é muito usada para ajudar os homens a demorarem mais para ejacular, para isso ela é feita em alguns passos:

Primeiro passo: No primeiro momento o homem deve se masturbar com a mão totalmente seca, fazendo movimentos e dando pausas de 2 ou 3 segundos, depois de cada uma dessas pausa deve voltar a fazer o movimento por 3 segundos sem parar. Isso deve ser mantido por 10 vezes, caso ele goze antes das 10 vezes, deve voltar a fazer até conseguir esperar as 10 vezes.

Segundo passo: Depois de conseguir aguentar as 10 vezes, você deve repetir a técnica com mais 5 movimento seguidores, colocando as pausas no meio.

Terceiro passo: Quando conseguir atingir as 10 vezes de 5 movimentos passa-se a fazer 7 movimentos seguidos.

Quarto passo: Depois de conseguir concluir o passo interior, você deve repetir a técnica começando de novo com 3 movimentos com a mão úmida, usando algum tipo de lubrificante que preferir.

Quinto passo: Quando se atingir novamente os 7 movimentos, a técnica deve ser feia pelo parceiro ou parceira.

Você deve fazer cada passo das técnicas citadas acima em dias e horas diferentes.

É importante durante essas técnicas que o homem consiga identificar as sensações e manter o controla delas, ajudando a esticar o tempo de ejaculação. Para que se tenha mais resultados, é importante o acompanhamento do urologista.

  • Técnica da compressão

Durante essa técnica o homem vai aprender como deve reconhecer as sensações que vão aparecer durante a ejaculação para aprender a controlar. A verdadeira e grande vantagem dessa técnica é que pode ser feita pelo próprio homem, não sendo necessária a ajuda da mulher.

Para isso, é necessário estimular o membro fazendo a masturbação ou a relação sexual, e quando sentir que chegou o momento de ejacular, se deve parar e fazer a pressão na cabeça do pênis.

Coloque o polegar na parte de maior da cabeça do membro e por cima do freio, e com o dedo indicador e o dedo médio você vai pressionar o membro encerrando a uretra. A pressão deve durar de 3 a 4 segundos e deve ser um pouco incomoda, mas não deve doer. Esse tipo de técnica deve ser repetido 5 vezes seguidas.

Outra opção interessante é aperta a base do pênis, essa técnica pode ser feita durante a penetração, mas é importante pedir ao seu parceiro que não se mova, evitando que a ocorra a estimulação no momento da compressão.

  • Técnica de dessensibilização

Essa é uma forma simples, mas que não pode dar certo com todas as pessoas, pois precisa de masturbação de 1 a 2 horas antes da hora H, o que pode diminuir a sensibilidade para o orgasmo.

Além do mais, caso o homem não faça uso do preservativo, por já ter uma relação fixa com alguém, a urologista pode indicar o uso, já que ajuda a diminuir a sensibilidade do membro e ajuda a controlar o orgasmo.

  • Fazer exercícios de Kegel

Esse tipo de exercícios vai ajudar a fortalecer os músculos do assoalho pélvico, que no caso são os grupos de músculos que ficam na região pélvica e ao redor da ureta. Quando eles ganham força, o homem se torna capaz de controlar a ejaculação evitando que ela ocorre quando eles se contraem.  Esse tipo de exercício deve ser feito em 10 series de 10 repetições.

  • Uso de anestésicos tópicos

Outra forma é fazer uso de sprays e pomadas que são anestésicas, como a lidocaína por exemplo, que podem ajudar a diminuir a sensibilidade do membro e aumentar o tempo da relação sexual, sem que o homem goze. Esse tipo de produto só pode ser usado se orientado pelo médico e precisa ser aplicado de 10 a 14 minutos antes da hora H.

Além do mais, também existem produtos que tem anestésico dentro do preservativo que pode ser usado, como:

  • Durex Prazer Prolongado;
  • Prudence Efeito Retardante;
  • Prudence Ice.

Embora eles tenham um ótimo efeito para conseguir atrasar a ejaculação, também pode ocorrer alguns efeitos secundários, sendo que o mais comum que é o homem tenha o prazer diminuído na hora do sexo.

  • Uso de remédios

Os medicamentos são usados quando as demais formas não dão resultados positivos. Os medicamentos devem ser sempre recomendados por médicos e especialistas, quase sempre, acompanham antidepressivos para tratar ansiedade que pode ser bem comum em alguns casos.

Ejaculação precoce tem cura?

A cura da ejaculação está com o uso de simples técnicas para aprender a controlar, mas quando isso não é o necessário, pode tentar o uso de alguns medicamentos receitados por especialistas.

Nesse review você aprende várias técnicas de como não ejacular rapido, são dicas valiosas para que você tenha uma relação que dura a noite inteira sem gozar, tendo mais prazer e satisfazendo mais sua parceira ou mulheres que se relaciona.

Não deixe de aplicá-las no seu dia a dia e se possível com o acompanhamento de especialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close