Damiana [ Veja o que é, Para que Serve e Como usar a Planta ]

Uma planta medicinal muito utilizada, com o nome científico de Turnera diffusa, a Damiana também é conhecida como Damiana-do-México, chanana albina ou erva-damiana.

A planta é nativa da nossa América do Sul, América Central, México e Caribe, sendo um arbusto que gera flores pequenas e com rico aroma, que lembra camomila.

O chá é feito das folas e já foi muito utilizado pela cultura maia, asteca e também pelos índios do México e América do Sul.

O fato é que essa planta só é tão utilizada porque é realmente capaz de oferecer uma série de benefícios para a saúde e também para a vida sexual.

Ela costuma florescer desde o início até o fim do verão, com frutas que se parecem com o figo.

Por causa do conhecido efeito afrodisíaco, o seu chá foi amplamente utilizado no decorrer de séculos, incluindo para outras finalidades.

Mas afinal, para que serve a Damiana de fato? Basta continuar lendo que hoje vamos falar um pouco mais sobre ela!

Para que serve a Damiana?

Planta Damiana

Os povos nativos da América Central costumavam utilizar o chá de folhas de Damiana com açúcar para a melhora da potência sexual. atualmente, no entanto, ela é bastante utilizada no tratamento de uma grande variedade de problemas, incluindo o estresse e a ansiedade.

O que não se pode negar é que essa planta é uma velha conhecida da medicina alternativa, sendo associação com ação afrodisíaca, tônica, antidepressiva, diurética, laxante e antitussígena.

Dessa forma, ela é bastante utilizada por pacientes com depressão, ansiedade, problema de desempenho sexual, diabetes, bronquite e asma, úlceras e outros problemas gástricos.

Mais do que isso, a Damiana também pode ser utilizada no tratamento do casos de anorexia nervosa, alcoolismo, problemas de visão, problemas e vesícula, rinite e muitos outros.

No entanto, o fato mais conhecido é que há séculos ela vem sendo associada com a melhora das funções sexuais, tanto para homens quanto para as mulheres.

Principais benefícios da Damiana

Além de todos os benefícios que já foram citados para essa planta incrível, ainda pode oferece uma série de outros benefícios, tais como:

  • Uso para aumentar o controle da timidez
  • Ajuda na diminuição da frigidez feminina
  • Contribui para o desenvolvimento do muco vaginal
  • Atua estimulando o sistema nervoso por causa do seu princípio amargo, fazendo com o cérebro mante estímulos para os órgãos sexuais

Mais do que isso, o consumo dessa planta pode atuar estimulando de forma rápida a área genital, visto que ajuda a oxigenar essa região.

Vale lembrar que a composição da planta é bastante complexa e é por isso que os seus componentes ainda não foram completamente identificados ou estudados.

Mesmo assim, o que já se sabe é que a Damiana é composta por 0,5% a 1% de óleos voláteis, gonzalitosin, flavonoides, arbutin, taninos e damianin, que é uma substância marrom e amarga.

Mais do que isso, ela também tem uma boa quantidade de alguns óleo essenciais, tais como: cineol, pineno e cymol, bem como traços de fósforo, timol e glicosídeos cianogênicos.

Tem efeitos colaterais?

Existem algumas recomendações para evitar o consumo da Damiana pela possibilidade de surgimento de efeitos colaterais que podem ser bastante sérios para a saúde.

Dessa forma, as mulheres que estejam grávidas ou amamentando não devem fazer uso da erva. O mesmo vale para pessoas com hipoglicemia!

Mais do que isso, o consumo da erva não deve ser feito juntamente com outros estimulantes, tais como refrigerantes de cola, café, ginseng e também o guaraná.

É importante também que o uso da Damiana não seja feito de forma contínua, e sim por curtos períodos de tempo, para evitar que haja acúmulo dos seus componentes no organismo de quem consome.

Assim, é possível evitar o desenvolvimento de efeitos colaterais desagradáveis, tais como ansiedade, taquicardia, irritação intestinal e até insônia.

Como usar a Damiana?

Damiana como usar

Sem dúvidas, uma das principais formas de consumir a Damiana é através do preparo de um chá com suas folhas.

Para isso, a indicação é respeitar a proporção de cerca de 15 a 20 gramas das folhas da planta para cada litros de água.

Então, ferva a água e logo acrescente duas colheres de sopa de Damiana seca. Desligue o fogo e deixe a mistura esfriar em infusão. Depois disso, basta coar bem e o chá estará pronto para beber.

Mais do que isso, a Damiana também pode ser consumida em forma de licor, fazendo a mistura de 30g da planta para cada 500ml de bebida. Deixe a mistura repousando por, ao menos, 5 dias, coando depois.

Há também uma possibilidade mais prática, que é o consumo da Damiana em cápsulas, que podem ser puras com combinadas com outras ervas afrodisíacas.

No entanto, o mais importante é lembrar que o consumo deve ser feito sempre com acompanhamento médico, independentemente da forma escolhida.

Isso porque o uso em excesso pode ocasionar efeitos colaterais, como já foi explicado.

Agora você já está sabendo um pouquinho mais sobre a Damiana, como usar e o que fazer para aproveitar os benefícios dessa planta incrível!

Leave a Reply